Em coletiva de imprensa, Thierry Frèmaux anunciou a line-up da 71ª edição do Festival de Cannes. A lista contém 18 obras selecionadas a partir de 1.900 inscrições. Nela, estão presentes filmes de cineastas celebrados que retornam à cidade para apresentar novos trabalhos, como Jia Zhang-Ke, Jean-Luc Godard e Asghar Farhadi.

O iraniano irá abrir o Festival com a exibição de “Todos lo Saben”, suspense psicológico que marca sua primeira incursão cinematográfica na língua espanhola e conta com Javier Bardem, Penélope Cruz e Ricardo Darín no elenco. Spike Lee retorna vinte e sete anos após a exibição de “Febre da Selva” para apresentar “BlacKKKlansman”, que retrata a história real de um policial negro que, na década de 70, infiltrou-se no KKK.

Representando o Brasil, estão “Artic”, de Joe Penna, brasileiro que reside em Los Angeles (embora a produção do longa seja americana) e Cacá Diegues, convidado para fazer uma apresentação especial de “O Grande Circo Místico”.Em meio aos nomes anunciados, sentiu-se falta de cineastas recorrentes, como Mike Leigh, Xavier Dolan, Naomi Kavase e Claire Denis. A ausência das duas foi potencializada pela falta de mulheres na lista apresentada, com apenas três produções escolhidas.

Talvez o maior sentimento tenha sido pelo anúncio oficial da retirada da Netflix de Cannes. A briga entre a potência do streaming e o conceituado festival começou quando este proibiu a inclusão de obras que não tivessem plano de distribuição no território francês (que exige uma janela de exibição de 36 meses), claramente um recado para a Netflix. Esta, por sua vez, iria realizar sessões especiais de obras muito esperadas pelos cinéfilos, como os novos filmes de Alfonso Cuarón e Paul Greengrass, além da versão final de “The Other Side of the Wind”, obra inacabada de Orson Welles. Esta ausência, em particular, não deixa de ser um baque para o Festival de Cannes, que ocorrerá entre os dias 08 e 19 de maio.

 

Confira a programação oficial abaixo:

 

 

Competição Oficial

 

“Todos Lo Saben”, de Asghar Farhadi – filme de abertura

“At War”, de Stéphane Brizé

“Dogman”, de Matteo Garrone

“Le Livre d´Image”, de Jean-Luc Godard

“Asako I & II”, de Ryusuke Hamaguchi

“Sorry Angel”, de Christophe Honoré

“Girls of the Sun”, de Eva Husson

“Ash Is Purest White”, de Jia Zhang-Ke

“Shoplifters”, de Hirokazu Kore-eda

“Capernaum”, de Nadine Labaki

“Burning”, de Lee Chang-Dong

“BlacKKKlansman”, de Spike Lee

“Under the Silver Lake”, de David Robert Mitchell

“Three Faces”, de Jafas Panahi

“Cold War”, de Pawel Pawlikowski

“Lazzaro Felice”, de Alice Rohrwacher

“Yomeddine”, de AB Shawky

“L’Été”, de Kirill Serebrennikov

 

Mostra Un Certain Regard

 

“Angel Face”, de Vanessa Filho

“Border”, de Ali Abbasi

“El Angel”, de Luis Ortega

“Euphoria”, de Valeria Golino

“Friend”, de Wanuri Kahiu

“The Gentle Indifference of the World”, de Adilkhan Yerzhanov

“Girl”, de Lukas Dhont

“The Harvesters”, de Etienne Kallos

“In My Room”, de Ulrich Köhler

“Little Tickles”, de Andréa Bescond e Eric Métayer

“My Favorite Fabric”, de Gaya Jiji

“On Your Knees”, Guys (Sextape)”, de Antoine Desrosières

“Sofia”, de Meyem Benm’Barek

 

Exibições fora da competição

 

“Solo: Uma História Star Wars”, de Ron Howard

“Le Grand Bain”, de Gilles Lellouche

“Little Tickles”, de Andréa Bescond e Eric Métayer

“Long Day’s Journey Into Night, de Bi Gan

 

Exibições à meia-noite

 

“Artic”, de Joe Penna

“The Spy Gone North”, de Yoon Jong-Bing

 

Exibições Especiais

 

“10 Years in Thailand”, de Aditya Assarat, Wisit Sasanatieng, Chulayarnon Sriphol e Apichatpong Weerasethakul

“The State Against Mandela and the Others”, de Nicolas Champeaux e Gilles Porte

“O Grande Circo Místico”, de Cacá Diegues

“Dead Souls”, de Wang Bing

“To the Four Winds”, de Michel Toesca

“La Traversée, de Romain Goupil

“Pope Francis: A Man of His Word”, de Wim Wenders

Veja Também:

Estreias da semana - 19/04/2018

    Confira quais são as estreias que chegam nos cinemas nesta quinta-feira (19/04):     7 dias em Entebbe...

LEIA MAIS

Ruy Guerra e Tony Ramos debatem "Quase Memória" em Coletiva de Imprensa

Adaptado a partir do livro do jornalista, escritor e membro da Academia Brasileira de Letras, Carlos Heitor Cony, “Quase Memória”,...

LEIA MAIS

Filha de Orson Welles apela para que disputa entre Netflix e Festival de Cannes não interfira na exibição do filme de seu pai

Há pouco mais de um ano, o Mais Que Cinema anunciou a intenção da Netflix em restaurar e finalizar “The...

LEIA MAIS