Paul Haggis tornou-se amplamente conhecido em Hollywood ao derrotar o favoritismo de grandes produções e ganhar o Oscar de Melhor Filme para “Crash – No Limite”, filme que escreveu e dirigiu. Posteriormente, foi responsável por roteiros de filmes como “Menina de Ouro” e “007- Quantum of Solace”, tornando-se um poderoso nome da indústria do entretenimento.

 

Em dezembro, sua conduta foi posta em questionamento ao ser processado por estupro. Em sua alegação, a assessora de imprensa Haleigh Breest reconta o dia quando, depois de uma première em 2013, foi violentada e alega que as marcas desse dia são “profundas e duradouras”. O advogado do roteirista/diretor apenas declarou que “Haggis não estuprou ninguém” e seguiu com um processo de difamação contra Breest, implicando que ela apenas queria extorqui-lo por dinheiro.

 

Agora, três outras mulheres vieram à tona com histórias de assédio sexual contra ele. Ao The Associated Press, elas contaram anonimamente (por medo de retaliação) seus casos.

 

Uma assessora de imprensa de 28 anos disse que trabalhou com ele em 1996 na divulgação de uma série de televisão. Um dia, ela teria sido forçada a realizar sexo oral nele para ser estuprada logo em seguida. À imprensa, ela declarou porque não denunciou antes: “O poder, a raiva, os recursos financeiros. Você realmente sente que não pode competir com isso”.

 

Outra mulher alega que ele declarou ter um acordo de casamento aberto com sua esposa logo antes de tentar beijá-la à força. Ela fugiu e foi seguida por ele. O mesmo caso aconteceu com a outra depoente do artigo, que alega ter fugido em um taxi após ele tentar forçar um beijo.

 

Diante das novas alegações, o advogado de Haggis implicou que as histórias poderiam ser fabricações da Cientologia, religião abandonada por ele em 2009. Haggis tem criticado os seus métodos publicamente desde então.

Veja Também:

Estreias da semana - 18/01/2018

    Confira o que chega nos cinemas nesta quinta-feira (18/01):     Me chame pelo seu nome   Sinopse:...

LEIA MAIS

Estudo mostra que participação das mulheres em Hollywood não alterou em vinte anos

Todo ano, o San Diego State University’s Center for the Study of Women in Television and Film produz um relatório...

LEIA MAIS

“A Forma da Água” é o grande vencedor do Critic’s Choice Awards; confira a lista completa de vencedores

  Conferido pela Broadcast Film Critics Association e Broadcast Television Journalists Association, o Critic’s Choice Awards ganhou respeito da indústria...

LEIA MAIS