Com a aproximação do Oscar, considerado o prêmio mais importante da indústria cinematográfica pelo alto status associado aos ganhadores, o Mais Que Cinema analisa as probabilidades dos candidatos em cada categoria e lança suas apostas!

A premiação não é assim tão imprevisível quanto parece: por possuir um alto número de votantes em comum com o SAG, DGA e PGA, entre outros eventos que coroam os melhores do ano, também os resultados costumam ser iguais em algumas categorias. Assim, durante o último mês, filmes como “A Grande Aposta”, “Spotlight: Segredos Revelados” e “O Regresso” despontaram como favoritos ao prêmio máximo, o Oscar de Melhor Filme. Porém, antes de tratar deste, vamos dar uma olhada nas outras categorias!

 

OBS: nos eximimos de apostar nas categorias envolvendo curtas (documentário, live-action e animação) por não termos visto nenhum dos candidatos.

 

Melhor Roteiro Original

Indicados: “Ponte de espiões”, “Ex-Machina”, “Divertida Mente”, “Spotlight: Segredos Revelados”, “Straight outta Compton”

Apostamos em: Josh Singer e Tom McCarthy por “Spotlight: Segredos Revelados”

Ganhou o prêmio da Associação de Roteiristas, o WGA (Writers Guild Awards), que geralmente anuncia o ganhador do Oscar, já que são esses profissionais os responsáveis pelos votos da categoria.

 

Melhor Roteiro Adaptado

Indicados: “A Grande Aposta”, “Brooklyn”, “Carol”, “Perdido em Marte”, “O Quarto de Jack”

Apostamos em: Charles Randolph e Adam McKay por “A Grande Aposta”

Pela mesma razão descrita acima. Ganhou o WGA pela forma inteligente com que abordou um assunto complexo como a crise de 2008 com bom humor.

 

Melhores Efeitos Visuais

Indicados: “Ex-Machina”, “Mad Max: Estrada da Fúria”, “Perdido em Marte”, “O Regresso”, “Star Wars: O Despertar da Força”

Apostamos em: Roger Guyett, Neal Scanlan e Chris Corbould por “Star Wars: O Despertar da Força”

O Filme de J.J. Abrams uniu muitos recursos práticos, como a criação das naves e animatronics de alienígenas, ao uso comedido de CGI e, por isso, merece reconhecimento.

 

Processo de criação do Líder Supremo Snoke: protótipos e captura de movimentos com Andy Serkins Fonte: Screen Rant

Processo de criação do Líder Supremo Snoke: protótipos e captura de movimentos com Andy Serkins
Fonte: Screen Rant

 

Melhor edição de som

Indicados: “Mad Max: Estrada da Fúria”, “Perdido em Marte”, “O Regresso”, “Sicário: Terra de Ninguém”, “Star Wars: O Despertar da Força”

Apostamos em: Mark Mangini e David White por “Mad Max: Estrada da Fúria”

Nada a dizer além de que se trata de um excelente trabalho, fundamental para dar o ritmo do filme! Os sons naturalistas do seu maior concorrente, “O Regresso” foram primordialmente incluídos por Ryûichi Sakamoto no seu trabalho de trilha sonora, não tanto na pós-produção, razão pela qual ele foi desclassificado para concorrer a Melhor Trilha Sonora.

 

Melhor Mixagem de Som

Indicados: “Mad Max: Estrada da Fúria”, “Perdido em Marte”, “O Regresso”, “Ponte de Espiões”, “Star Wars: O Despertar da força”

Apostamos em: Chris Jenkins, Gregg Rudloff e Ben Osmo por “Mad Max: Estrada da Fúria”

Entendemos que nas categorias técnicas a disputa real ficará entre “O Regresso” e “Mad Max” Estrada da Fúria” e apostamos no segundo pelas mesmas razões da categoria anterior

 

Melhor Design de Produção

Indicados: “Ponte de Espiões”, “A Garota dinamarquesa”, “Mad Max: Estrada da Fúria”, “Perdido em Marte”, “O Regresso”

Apostamos em: Colin Gibson por “Mad Max: Estrada da Fúria”

A categoria refere-se à antiga direção de arte. O filme de George Miller deve ganhar pela complexidade e originalidade na construção da cidadela, assim como a criação de cada carro personalizado com um alto nível de detalhes.

 

Melhor Canção Original

Indicados: “Earned It”, de “Cinquenta Tons de Cinza”, “Manta Ray”, de “Racing Expectations, “Til It Happens To You, de “Hunting Ground”, “Simple Sounds #3”, de “Youth”, “Writing’s on the Wall”, de “007 contra Spectre”

Apostamos em: Diane Warren por “Til It Happens To You, de “Hunting Ground”

A música interpretada por Lady Gaga pode levar o Oscar para casa por ter sido composta por Diane Warren. Considerada a “rainha da balada” nos Estados Unidos pela quantidade de composições feitas ao longo da carreira, concorre ao Oscar pela sétima vez.

 

Melhor Trilha Sonora

Indicados: “Ponte de espiões”, “Carol”, “Os Oito odiados”, “Sicário: Terra de Ninguém”, “Star Wars: O Despertar da Força”

Apostamos em: Ennio Morricone por “Os Oito Odiados”

O cultuado maestro italiano Ennio Morricone saiu da aposentadoria para compor o tema do western de Tarantino, “Os Oito Odiados”. Ainda que mal aproveitada pelo cineasta, a trilha recebeu o devido reconhecimento ao ganhar o Bafta e o Globo de Ouro. Despontou, por isso, como favorito ao Oscar, que já o premiou pelo conjunto da obra em 2007.

 

Melhor Cabelo e Maquiagem

Indicados: “Mad Max: Estrada da Fúria”, “O Regresso”, “The 100-year Old Man Who Climbed out to the window and dissappeared”

Apostamos em: Lesley Vanderwalt, Elka Wardega e Damian Martin por “Mad Max: Estrada da Fúria”

O filme de George Miller derrotou os concorrentes no “Makeup and Hairstyling Guild Awards” e segue como favorito. Além disso, a maquiagem de “O Regresso”, apesar de ótima, restringe-se a um personagem.

 

oscar 2

Melhor Filme Estrangeiro

Indicados: “O Abraço da Serpente”- Colômbia, “Cinco Graças”- França, “O Lobo do Deserto”- Jordânia, “A War”- Dinamarca, “Filho de Saul”- Hungria

Apostamos em: László Nemes por “Filho de Saul”- Hungria

O filme angariou diversos prêmios desde a sua participação em Festivais ao redor do mundo, recebendo um amplo acolhimento nos Estados Unidos por parte da crítica. De longe, foi o filme estrangeiro mais noticiado e exaltado (merecidamente), destacando-se ainda como favorito pela temática da Segunda Guerra Mundial, que muito agrada a Academia.

 

Melhor Edição

Indicados: “A grande aposta”, “Mad Max: Estrada da Fúria”, “O Regresso”, “Spotlight: Segredos Revelados”, “Star Wars: O Despertar da força”

Apostamos em: Hank Corwin por “A Grande Aposta”

A edição tem um papel fundamental no ritmo de “A Grande Aposta”. Ela é construída com perfeição por Corwin, que consegue construir frases unindo diálogos de diferentes personagens, além de contrapor uma concatenação de imagens rápidas com suaves transições de acordo com a necessidade imposta pela trama. Seu maior concorrente é “Mad Max: Estrada da Fúria”, editado por Margaret Sixel, com o ritmo frenético dado pela supressão de frames

 

Melhor Documentário- Longa-metragem

Indicados: “Amy”, “Cartel Land”, “The Look of Silence”, “What Happened, Miss Simone?”, “Winter on Fire:Ukraine’s Fight for Freedom”

Apostamos em: Asif Kapadia e James Gay-Rees por “Amy”

Relato da vida da cantora Amy Winehouse, derrotou os concorrentes em outras premiações que servem de termômetro para o Oscar, como o Prêmio do Sindicato de Produtores da América, o Critic’s Choice Awards e Bafta, despontando como favorito absoluto para o Oscar.

 

Melhor Figurino

Indicados: “Carol”, “Cinderella”, “A Garota Dinamarquesa”, “Mad Max: Estrada da Fúria”, “O Regresso”

Apostamos em: Jenny Beavan por “Mad Max: Estrada da Fúria”

No dia 28, Jenny Beavan provavelmente derrotará Sandy Powell, que concorre duplamente por “Carol” e “Cinderella”, o que deve dividir seus votos. O trabalho de Beavan incluiu a concepção de um figurino para cada personagem de acordo com sua personalidade e importância para a história. Como maior concorrente está Paco Delgado, que ganhou o Costume Design Guild Awards por “A Garota Dinamarquesa”.

 

Melhor Fotografia

Indicados: “Carol”, “Os Oito Odiados”, “Mad Max: Estrada da Fúria”, “O Regresso”, “Sicário: Terra de Ninguém”

Apostamos em: Emmanuel Lubeski por “O Regresso”

Pelo trabalho primoroso e extremamente difícil de filmar “O Regresso” somente usando luz natural, Emmanuel Lubeski deve bater o recorde por ganhar o prêmio de Melhor Fotografia em três anos consecutivos. Ele recebeu o Oscar por “Gravidade” e “Birdman”

 

THE REVENANT

 

Melhor Animação

Indicados: “Anomalisa”, “O Menino e o Mundo”, “Divertida Mente”, “Shaun, o Carneiro”, “As Memórias de Marnie”

Apostamos em: “Divertida Mente”

Apesar do reconhecimento do belíssimo trabalho de Alê Abreu em “O Menino e o Mundo”, dificilmente a estatueta virá para a obra brasileira. O tom melancólico predominante nos indicados assim como o uso de técnicas mais artesanais de animação, como o stop-motion e o desenho no papel, reafirmam a gradual mudança de predileção da Academia.

Ainda assim, o fator Pixar e a propensão em premiar filmes americanos devem ser contabilizados e “Divertida Mente” provavelmente despontará como ganhador da noite. Deve-se dizer que o longa da Pixar é excelente, assim como seus concorrentes, o que torna essa categoria especialmente difícil.

 

Melhor Atriz Coadjuvante

Indicadas: Rooney Mara por “Carol”, Rachel McAdams por “Spotlight: Segredos Revelados”, Jennifer Jason Leigh por “Os Oito Odiados”, Alicia Vikander por “A Garota Dinamarquesa”, Kate Winslet por “Steve Jobs”

Apostamos em: Alicia Vikander por “A Garota Dinamarquesa”

A atriz sueca despontou para o estrelato pela forte presença e ampla gama de emoções que inseriu em “A Garota Dinamarquesa”. De fato, acabou roubando as atenções de seu parceiro de cena Eddie Redmayne.

Sabendo das suas chances, os produtores do filme optaram por inscrever Vikander como atriz coadjuvante, apesar de ela ter a mesma importância e tempo de tela que Redmayne. Ganhou o SAG e o Critic’s Choice Awards.

 

Melhor Ator Coadjuvante

Indicados: Tom Hardy por “O Regresso”, Christian Bale por “A Grande Aposta”, Mark Ruffalo por “Spotlight: Segredos Revelados”, Mark Rylance por “Ponte de Espiões”, Sylvester Stallone por “Creed: Nascido para lutar”

Apostamos em: Sylvester Stallone por “Creed: Nascido para lutar”

Com “Creed: Nascido para lutar”, Stallone retorna ao papel que lhe tornou famoso e é extremamente querido pelo público pela sua simplicidade. No filme, ele ainda consegue adicionar uma nova camada à Rocky, atuando como alívio cômico. Se vier, o Oscar será merecidíssimo.

 

oscar 4

Melhor Atriz

Indicadas: Cate Blanchett por “Carol”, Brie Larson por “O Quarto de Jack”, Saoirse Ronan por “Brooklyn”, Jennifer Lawrence por “Joy: O Nome do Sucesso”, Charlotte Rampling por “45 anos”

Apostamos em: Brie Larson por “O Quarto de Jack”

Ganhadora de todos os prêmios até agora, Brie Larson é favorita absoluta na categoria e só deve perder a estatueta por puro azar. Ela destaca-se das outras candidatas, excelentes (com exceção de Jennifer Lawrence), pela intensidade da sua atuação na pele de uma mãe que tenta cria o filho de forma saudável em circunstâncias anormais e duras.

 

Melhor Ator

Indicados: Bryan Cranston por “Trumbo”, Leonardo DiCaprio por “O Regresso”, Michael Fassbender por “Steve Jobs”, Eddie Redmayne por “A Garota Dinamarquesa”, Matt Damon por “Perdido em Marte”

Apostamos em: Leonardo DiCaprio por “O Regresso”

Depois de muita propaganda, em que divulgou o extremo sacrifício em fazer “O Regresso” que deu origem a um hype em torno da sua premiação, com direito a game, Leonardo DiCaprio deve finalmente conquistar o seu tão desejado Oscar. Indicado pela 5ª vez, deve levar pelo conjunto da obra.

 

regresso 1

 

Melhor Diretor

Indicados: Adam McKay por “A Grande Aposta”, Alejandro González Iñárritu por “O Regresso”, George Miller por “Mad Max: Estrada da Fúria”, Lenny Abrahamson por “O Quarto de Jack”, Tom McCarthy por “Spotlight: Segredos revelados”

Apostamos em: Alejandro González Iñárritu por “O Regresso”

O fato de se arriscar a filmar em condições extremas (no frio canadense, utilizando apenas luz natural) e conseguir entregar um filme visualmente tão impactante deve fazer com que Alejandro González Iñárritu ganhe o Oscar que escapou das suas mãos ano passado, quando perdeu para “Boyhood”

 

Melhor Filme

Indicados: “Mad Max: Estrada da Fúria”, “O Regresso”

“O Quarto de Jack” , “Spotlight: Segredos Revelados”, “Ponte de Espiões”, “Brooklyn”, “A Grande Aposta”, “Perdido em Marte”

Apostamos em: “A Grande Aposta”

Categoria mais imprevisível do Oscar por ter três fortes concorrentes: “O Regresso”, “Spotlight: Segredos Revelados” e “A Grande Aposta”. Há uma forte campanha (um tanto exaustiva e desesperada, diga-se de passagem) em enfatizar a extrema dificuldade de filmar “O Regresso” como forma de angariar votos.

No entanto, apostamos na qualidade e relevância de “A Grande Aposta” por tratar de um tema essencialmente americano, a crise financeira de 2008- não esqueçamos que se trata de uma premiação americana. Filmes sobre Wall Street já ganharam Oscars anteriormente e “Trabalho Interno”, documentário sobre a crise, ganhou o Oscar em 2011.

oscar 5

 
 

E quais são apostas? Domingo descobriremos quem será o grande vencedor!

Acompanhe a nossa cobertura no Facebook e Twitter, além de atualizações em tempo real com os vencedores aqui no site!

 
 

Veja Também:

Estreias da semana - 07/12/2017

    Confira o que chega nos cinemas nesta quinta-feira (07/12):     Extraordinário   Sinopse:   Um menino com...

LEIA MAIS

A demissão de Bryan Singer é apenas mais um problema na produção de “Bohemian Rhapsody”

A Twentieth Century Fox anunciou de forma sucinta a demissão de Bryan Singer (“Os Suspeitos”, “X-Men”) da produção. A decisão...

LEIA MAIS

“Viva: A Vida é Uma Festa!” lidera indicações ao Annie Awards

Considerado o principal prêmio de animação da indústria do entretenimento, o Annie Awards anunciou hoje os seus indicados. Ainda inédito...

LEIA MAIS