Por Murillo Trevisan

O superintendente dos bombeiros-paraquedistas Jake Carson (John Cena) é um profissional extremamente diligente e rigoroso. Tendo a vida inteira se dedicado a profissão, seu senso de ordem não permite que nada fique fora de controle. Após liderar o resgate de três crianças em uma ocorrência de incêndio, ele tem que enfrentar a missão mais difícil de sua carreira: ficar de babá.

Os irmãos Brynn (Brianna Hildebrand), Zoey (Finley Rose Slater) e Will (Christian Convery), embora agradecidos por terem sido salvos e acolhidos, tentam sempre arranjar uma maneira de escapar do Corpo de Bombeiros, mantendo um segredo inicialmente não revelado, que dará ainda mais trabalho aos brigadistas.

O filme segue um molde muito utilizado em comédias, que é de apresentar a relação de personagens “brucutus” tendo que lidar com a travessuras de pequenas crianças, testemunhando a transformação de postura de uma figura sisuda e aparentemente autoritária em um ser de coração mole. Isso já pôde ser visto desde a década de 90 com Arnold Schwarzenegger em “Um Tira no Jardim de infância”, até os tempos mais atuais com Vin Diesel e Dwayne Johnson em “Operação Babá” e “O Fada do Dente”, respectivamente.

Aqui essa relação também funciona, porém mais por conta do carisma das crianças do que pelo próprio John Cena. O lutador de WWE, embora fisicamente demonstre o rigor necessário, não o consegue equilibrar com a atuação, aparentando a todo momento esconder um riso quando a cena exige sobriedade. Isso é totalmente justificável, em termos de produção, quando se contracena com um elenco de apoio hilário como John Leguizamo (“Moulin Rouge”) e Keegan-Michael Key (“O Predador”), porém atrapalha na veracidade da trama.

A escolha do diretor Andy Fickman (“A Montanha Enfeitiçada”) em deixar a representação um pouco mais lúdica, com movimentos e sonoplastia exagerados, empobrece o resultado final do longa, o dando mais uma cara de seriado infantil da Nickelodeon do que a fábula cômica despretensiosa da qual tinha bastante potencial de ser. “Brincando com Fogo” parece ter divertido muito mais a própria equipe dentro do set, do que o espectador final.

Ficha Técnica

Ano: 2019

Duração: 96 min

Gênero: Comédia, Família

Diretor: Andy Fickman

Elenco: John Cena, Keegan-Michael Key, John Leguizamo, Brianna Hildebrand, Christian Convery, Finley Rose Slater, Judy Greer

Avaliação do Filme

Veja Também:

Matrix Resurrections

Por Luciana Ramos   Nos anos 90, sedentos por materiais originais, os grandes estúdios viram a profusão de produtoras independentes...

LEIA MAIS

Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa

Por Luciana Ramos Nos já distantes anos 2000, em meio à renovação das narrativas de super-heróis, a Sony Pictures investiu...

LEIA MAIS

A Disputa do Natal

Por Luciana Ramos   O documentário “A Disputa do Natal” começa leve, propondo contar a história de Jeremy Morris, um...

LEIA MAIS