Foram anunciados na segunda-feira, dia 11 de dezembro, os indicados à 75ª edição do Globo de Ouro, premiação que honra os melhores filmes e séries do ano. Com sete indicações, “A Forma da Água”, de Guillermo Del Toro, confirmou o favoritismo demonstrado em festivais e mostra-se um forte candidato a levar a estatueta de Melhor Filme Dramático. Já “Lady Bird: A Hora de Voar”, que recentemente conquistou a façanha de ser o filme mais bem avaliado da história do Rotten Tomatoes, concorre a quatro prêmios, sendo que sua criadora, Greta Gerwig, não disputa na categoria Melhor Direção.

 

Tais desapontamentos são comuns em anúncios como esses. Especulações ao longo do ano avaliam o quanto os filmes estão bem cotados entre público e crítica, fator determinante para indicações. Assim, sempre há o azarão que surpreende por ter entrado no corte – e aqueles que são esnobados.  Por isso, separamos uma lista das surpresas e decepções do Globo de Ouro 2018.

 

Angelina Jolie

A atriz, diretora e produtora entra forte na competição com dois títulos diferentes. “Primeiro Mataram Meu Pai” é fruto da parceria da diretora com a Netflix e conta a sofrida história de vida de uma garota cambojana. Mais cedo neste ano, foi dado a Jolie o titulo de cidadã honorária do Camboja para que o filme pudesse concorrer na categoria Melhor Filme Estrangeiro. O esforço valeu a pena. Jolie ainda produziu uma animação em 2D que vem ganhado elogios da mídia especializada: “The Breadwinner” também aposta no cunho social, sendo voltado à luta de uma criança afegã pela sobrevivência em um território liderado pelo Talibã. O longa concorre à Melhor Filme de Animação.

 

 

The Breadwinner

 

 

Todo o Dinheiro do Mundo

Ridley Scott foi surpreendido no último mês pelas denúncias de assédio sexual envolvendo o ator Kevin Spacey, estrela do seu último filme, “Todo o Dinheiro do Mundo”. Este encontrava-se finalizado, sendo promovido para lançamento em dezembro. Diante das circunstâncias, o diretor optou por remover o ator do filme, o substituindo por Christopher Plummer, que filmou as sequências em apenas duas semanas. Afim de ser apto para votos no Globo de Ouro, Scott mandou cópias inacabadas do longa aos votantes e foi recompensado: ele foi indicado para Melhor Diretor, Melhor Atriz em Filme Dramático (Michelle Williams) e Melhor Ator Coadjuvante para Plummer.

 

The Sinner

Diante da profusão de obras televisivas, as minisséries têm ganhado espaço com tramas fechadas e concisas. “Big Little Lies” e “Feud: Bette and Joan” disputavam atenção da mídia pelo elenco estelar e alto nível de produção. “The Sinner”, embora bem recebida pelo público, não criou tanta ressonância, mas conseguiu indicações em duas categorias importantes: Melhor Minissérie ou Filme Para TV e Melhor Atriz em Minissérie ou Filme Para TV (Jessica Biel).

 

Veep

A maior decepção da noite ficou por conta da esnobada de “Veep”, da HBO. A série de comédia tem demonstrado solidez ao longo de suas sete temporadas, tendo conquistado o Emmy de Melhor Série de Comédia nos últimos três anos e o de Melhor Atriz em Comédia por seis anos consecutivos. Porém, ainda não foi agraciada por nenhum Globo de Ouro, mesmo sendo sempre indicada nas categorias principais. Neste ano, ficou totalmente de fora da premiação.

 

Grace & Frankie

A série da Netflix sobre a vida de duas mulheres independentes e divertidas explorando a terceira idade também não recebeu nenhuma indicação, nem para as bem-conceituadas e famosas Jane Fonda e Lily Tomlin.

 

Insecure/Better Things

As séries de comédia de Issa Rae e Pamela Adlon possuem em comum a voz autoral de suas criadoras, que também protagonizam nas produções. Ambas foram indicadas como Melhor Atriz de Comédia, mas as obras ficaram de fora da categoria principal do gênero, Melhor Série de Comédia.

 

Doentes de Amor

Filme independente que foi a sensação do verão americano, romantiza a história real do envolvimento do comediante Kumail Nanjiani com Emily V. Gordon, que entrou subitamente em coma no começo do namoro. Apontado por muitos como sendo “o perfil do Globo de Ouro”, esperava-se que o filme fosse indicado nas categorias de comédia, mas ele não foi lembrado pelos votantes.

 

Doentes de Amor

 

Transparent

Competidor consistente ao longo dos anos, tanto como melhor série de comédia como pela atuação de Jeffrey Tambor no papel de Marta Pfefferman, ficou completamente de fora do Globo de Ouro 2018. Isso pode ser consequência das acusações de assédio sexual que rondam o ator, o que acarretou no seu afastamento provisório da série. Diante disso, o futuro de “Transparent” permanece incerto.

 

Matt Damon

No círculo dos festivais, Matt Damon parecia ser a aposta certeira para a época de premiações, já que tinha dois trabalhos a apresentar: “Pequena Grande Vida” e “Suburbicon”. No entanto, essa narrativa foi perdendo força e ambos os filmes foram deixados de fora das listas de indicações até o momento, assim como o ator.

 

Diversidade na categoria Melhor Diretor

Quando os votantes foram escolher os melhores diretores do ano, optaram por um caminho mais conservador, tendo escolhido homens mais velhos e estabelecidos na indústria, como Steven Spielberg e Ridley Scott. Novas apostas – que tem dominado os elogios pela performance na área – como Greta Gerwig (“Lady Bird: A Hora de Voar”) e Jordan Peele (“Corra!”) foram ignorados, embora tenham conseguido respectivamente quatro e três indicações em outras categorias por seus longas. Patty Jenkins (“Mulher-Maravilha”) e Dee Rees (“Lágrimas Sobre o Mississippi”), que haviam sido cotadas, também ficaram de fora da lista final.  Assim, não há nenhuma mulher ou pessoa de cor concorrendo ao prêmio de Melhor Diretor.

 

Tracee Ellis Ross

 

Tracee Ellis Ross

No 74º Globo de Ouro, a atriz de “Black-ish” e filha de Diana Ross fez história a ser a primeira mulher negra agraciada com um Globo de Ouro pela atuação em série de comédia em 35 anos. Porém, ficou de fora das indicações da próxima premiação. “Black-ish” foi indicado à Melhor Série de Comédia e Melhor Ator em Série de Comédia (Anthony Anderson).

 

Confira a lista completa de indicados ao Globo de Ouro 2018.

Veja Também:

Estreias da semana - 18/01/2018

    Confira o que chega nos cinemas nesta quinta-feira (18/01):     Me chame pelo seu nome   Sinopse:...

LEIA MAIS

Estudo mostra que participação das mulheres em Hollywood não alterou em vinte anos

Todo ano, o San Diego State University’s Center for the Study of Women in Television and Film produz um relatório...

LEIA MAIS

“A Forma da Água” é o grande vencedor do Critic’s Choice Awards; confira a lista completa de vencedores

  Conferido pela Broadcast Film Critics Association e Broadcast Television Journalists Association, o Critic’s Choice Awards ganhou respeito da indústria...

LEIA MAIS