O ano mal começou e a temporada de premiações já decolou com a premiação da Associação Internacional de Jornalistas (HPFA), conhecida como Globo de Ouro. O evento, sediado em Los Angeles, foi caracterizado pela diversidade dos prêmios, contemplando obras distintas pelos seus pontos mais fortes – exemplo da premiação de Akwafina por “A Despedida” (Melhor Atriz de Comédia), Renée Zellweger por “Judy” (Melhor Atriz de Filme Dramático) e Joaquin Phoenix por “Coringa” (Melhor Ator em Filme Dramático).

O filme “1917” surpreendeu ao derrotar favoritos como “Histórias de um Casamento” e “O Irlandês” e conquistou um dos prêmios principais, o de Melhor Filme Dramático. Sam Mendes também ganhou pela direção, consagração de um projeto ambicioso,  executado inteiramente em plano-sequência e onde a câmera é posicionada o tempo todo seguindo o ponto de vista do protagonista, vivido por Dean-Charles Chapman. 

Algumas quebras de expectativas apimentaram a noite: o novato Ramy Youseff derrotou veteranos como Michael Douglas na categoria de Melhor Ator de Série de Comédia por “Ramy”; Russell Crowe, por sua vez, ganhou como Melhor Ator de Minissérie ou Filme Para TV por “The Loudest Voice”, minissérie sobre a Fox News que falhou em angariar o interesse da indústria, tendo sido esnobada não só nos demais prêmios (Emmy e prêmios da crítica) como também pelo público americano. 

Outras categorias de televisão, por outro lado, consagraram queridinhos, como “Sucession” (Melhor Série Dramática, Melhor Ator em Série Dramática para Brian Cox), “Fleabag” (Melhor Série de Comédia, Melhor Atriz em série de Comédia para Phoebe Waller-Brigde) e “Chernobyl” (Melhor Minissérie ou Filme Para TV, Melhor Ator Coadjuvante).

 

Confira a lista completa de vencedores:

CINEMA

 

Melhor Filme – Drama

1917

O Irlandês

Coringa

Histórias de um Casamento

Dois Papas

 

Melhor Atriz – Drama

Cynthia Erivo, por “Harriet”

Scarlett Johansson, por “Histórias de um Casamento”

Saoirse Ronan, por “Adoráveis Mulheres”

Charlize Theron, por “Escândalo”

René Zellweger, por “Judy”

 

Melhor Ator – Filme Dramático

Christian Bale, por “Ford Vs Ferrari” 

Antonio Banderas, por “Dor e Glória”

Adam Driver, por “Histórias de um Casamento”

Joaquin Phoenix, por “Coringa”

Jonathan Pryce, por “Dois Papas”

 

Melhor Filme – Comédia ou Musical

“Meu Nome é Dolemite”

“Jojo Rabbit”

“Entre Facas e Segredos”

“Era Uma Vez…em Hollywood”

“Rocketman”

Melhor Atriz em Filme de Comédia ou Musical

Ana De Armas, por “Entre Facas e Segredos”

Awkwafina, por “A Despedida”

Cate Blanchett, por “Cadê Você, Bernadette?”

 Beanie Feldstein, por “Fora de Série”

Emma Thompson, por “Late Night” 

 

Melhor Ator em Filme de Comédia ou Musical

Daniel Craig, por “Entre Facas e Segredos”

Roman Griffin Davis, por “Jojo Rabbit”

Leonardo DiCaprio, por “Era Uma Vez…em Hollywood”

Taron Egerton, por “Rocketman”

Eddie Murphy, por “Meu Nome é Dolemite”

 

Melhor Animação

“Frozen 2”

“Como Treinar o Seu Dragão 3”

“O Rei Leão”

Link Perdido

Toy Story 4

 

Melhor Filme Estrangeiro

A Despedida

Os Miseráveis

Dor e Glória

Parasita

Retrato de uma Jovem em Chamas

Parasita

Melhor Atriz Coadjuvante

Kathy Bates, por “Richard Jewell”

Annette Bening, por “O Relatório”

Laura Dern, por “Histórias de um Casamento”

Jennifer Lopez, por “As Golpistas”

Margot Robbie, por “Escândalo”

 

Melhor Ator Coadjuvante

Tom Hanks, por “Um Lindo Dia na Vizinhança”  

Anthony Hopkins, por “Dois Papas”

Al Pacino, por “O Irlandês”

Joe Pesci, por “O Irlandês”

Brad Pitt, por “Era Uma Vez…em Hollywood”

 

Melhor Diretor

Bong Joon Ho, por “Parasita”

Sam Mendes, por “1917”

Todd Phillips, por “Coringa”

Martin Scorsese, por “O Irlandês”

Quentin Tarantino, por “Era Uma Vez…em Hollywood”

 

Melhor Roteiro

Parasita

Histórias de um Casamento

Dois Papas

O Irlandês

Era Uma Vez…em Hollywood

 

Melhor Trilha Sonora

Adoráveis Mulheres

Coringa

Histórias de um Casamento

1917

Brooklyn – sem Pai nem Mãe

 

Melhor Canção

Beautiful Ghosts, por “Cats”

I’m Gonna Love Me Again, por “Rocketman”

Into the Unknown, por “Frozen 2”

Spirit, por “O Rei Leão”

Stand Up, por “Harriet”

TELEVISÃO

 

Melhor Série Dramática

Big Little Lies

The Crown

Killing Eve

The Morning Show

Sucession

 

Melhor Atriz em Série Dramática

Jennifer Aniston, por “The Morning Show”

Olivia Colman, por “The Crown”

Jodie Comer, por “Killing Eve”

Nicole Kidman, por “Big Little Lies”

Reese Witherspoon, por “The Morning Show”

 

Melhor Ator em Série Dramática

Brian Cox, por “Succession”

Kit Harington, por “Game of Thrones”

Rami Malek, por “Mr Robot”

Tobias Menzies, por “The Crown”

Billy Porter, por “Pose”

Melhor Série de Comédia ou Musical

Barry

Fleabag

The Kominsky Method

The Marvelous Mrs. Maisel

 The Politician

 

Melhor Atriz em Série de Comédia ou Musical

Christina Applegate, por “Disque Amiga Para Matar”

Rachel Brosnahan, por “The Marvelous Mrs Maisel”

Kirsten Dunst, por “On Becoming a God in Central Florida” 

Natasha Lyonne, por “Boneca Russa”  

Phoebe Waller-Bridge, por “Fleabag”

 

Melhor Ator em Série de Comédia ou Musical

Michael Douglas, por “The Kominsky Method”

Bill Hader, por “Barry”

Ben Platt, por “The Politician”

Paul Rudd, por “Duas Caras”

Ramy Youssef, por “Ramy”

 

Melhor Minissérie ou Filme Para TV

Catch-22

Chernobyl

Fosse/Verdon

The Loudest Voice

Unbelievable

 

Melhor Atriz em Minissérie ou Filme Para TV

Kaitlyn Dever, por “Unbelievable”

Joey King, por “The Act”

Helen Mirren, por “Catarina, a Grande”

Merritt Wever, por “Unbelievable”

Michelle Williams, por “Fosse/Verdon”

 

Melhor Ator em Minissérie ou Filme Para TV

Christopher Abbott, por “Catch-22”

Sacha Baron Cohen, por “O Espião”  

Russell Crowe, por “The Loudest Voice”

Jared Harris, por “Chernobyl”

Sam Rockwell, por “Fosse/Verdon”

 

Melhor Atriz Coadjuvante em Série, Minissérie ou Filme Para TV

Patricia Arquette, por “The Act”

Helena Bonham Carter, por “The Crown”

Toni Collette, por “Unbelievable”

Meryl Streep, por “Big Little Lies”

Emily Watson, por “Chernobyl”

Melhor Ator Coadjuvante em Série, Minissérie ou Filme Para TV

Alan Arkin, por “The Kominsky Method”

Kieran Culkin, por “Succession”

Andrew Scott, por “Fleabag”

Stellan Skarsgård, por “Chernobyl”

Henry Winkler, por “Barry”

 

Prêmio Carol Burnett

Ellen DeGeneres

 

Prêmio Cecil B. De Mille

Tom Hanks

Veja Também:

No Ritmo do Coração é o grande vencedor do Oscar 2022; confira a lista completa

O Oscar 2022 chegou marcado por polêmicas, frutos da reformulação da premiação a fim de tentar recuperar índices de audiência....

LEIA MAIS

Como o som de “Duna” foi feito

Ao assistirmos um filme, nem imaginamos o gigantesco trabalho de inúmeros profissionais para construir um arcabouço imagético e sonoro que...

LEIA MAIS

Ataque dos Cães e Belfast conquistam prêmios principais do Bafta 2022

Após a realização de uma edição totalmente virtual em 2021, o Bafta, maior premiação de cinema do Reino Unido, retornou...

LEIA MAIS