Os espectadores fiéis de “Black-ish” não só conhecem, como provavelmente são muito fãs de Marsai Martin, a intérprete de Dianne Johnson, dona de alguns dos comentários mais macabros (e hilários) da série familiar da ABC. Com apenas 14 anos, ela ruma a uma nova direção na sua carreira, estrelando e produzindo o filme “Little”.

A empreitada tem um significado histórico, já que a torna a produtora executiva mais jovem da história de Hollywood. O projeto decorre da fascinação de Martin por “Quero Ser Grande”, clássica comédia com Tom Hanks. Aos 10 anos, ela apresentou a Kenya Barris, criador de “Black-ish”, a ideia de fazer um filme que adaptasse a premissa de “troca de corpos” para o universo da mulher negra. Fascinado, ele ligou para Will Packer (produtor de filmes como “Girls Trip”, sucesso na bilheteria americana), que agendou uma reunião.

Este disse à imprensa ter ficado muito impressionado com a maturidade da jovem atriz, em especial pela precisão dos pontos que queria levantar na trama. Tracy Oliver e Tina Gordon foram contratados para dar corpo a um roteiro, filmado em 2018 e programado para lançamento no fim do próximo verão americano. No calendário nacional, a estreia do longa (ainda sem título em português) está prevista para 29 de agosto deste ano.

A trama retrata a jornada da empresária de tecnologia Jordan Sanders, impiedosa e ocupada demais para aproveitar a vida. Vítima do feitiço de uma garotinha, ela volta a ter 13 anos e se vê forçada a lidar com todas as indesejáveis consequências, como ir à escola. A sua assistente April é forçada a ajudá-la, mas o atrito constante entre as duas só acaba atrapalhando mais a sua situação.

O trailer é bastante divertido e conta com Regina Hall, que divide o papel principal com Martin, além de Issa Rae, autora e estrela da ótima série “Insecure”, da HBO. A reunião de tantas mulheres negras talentosas – que ainda conta com Gordon ocupando também a direção – é um positivo passo a um cinema mais plural e significativo, resultado do empenho direto de jovens vozes, como a de Marsai Martin.

Não obstante, a Universal parece estar bem confiante com o sucesso do filme, pois firmou um contrato de múltiplos projetos à Genius Productions, produtora da adolescente. Sobre isto, o presidente do estúdio declarou à CNN: “Não só ela é tremendamente talentosa em frente às câmeras como oferece uma perspectiva única como criadora e produtora, que certamente ressoará com a audiência”.

O primeiro trabalho em conjunto será “StepMonster”, sobre uma garota que deve se adaptar à nova madrasta. Sobre a nova fase de sua vida, Martin disse que “está muito animada com toda a mágica que poderá criar com a Universal. Meu objetivo é mostrar a jovens mulheres e garotas que nossas vozes e ideias importam e nunca é cedo demais para se sonhar alto”.

Fontes: CNN, The Root

Veja Também:

Mostra Internacional de Cinema em São Paulo divulga premiados da 45ª edição

Durante duas semanas, aficionados pela sétima arte puderam conferir uma seleção de mais de 200 filmes de diversas nacionalidades e...

LEIA MAIS

Começa hoje em formato híbrido a 45ª Mostra Internacional de Cinema SP

A Mostra Internacional de Cinema SP realiza entre hoje, 21 de outubro, e o dia 03 de novembro de 2021...

LEIA MAIS

Marvel processa criadores para reter controle de seus personagens

A Marvel entrou com uma série de processos contra criadores de seus personagens mais famosos ou as fundações que cuidam...

LEIA MAIS