O diretor-fundador do festival É Tudo Verdade, maior do gênero no Brasil, apresentou hoje em coletiva de imprensa os detalhes da sua 27ª edição. Esta seguirá os moldes dos anos anteriores e ocorrerá em formato híbrido, condensando sessões especiais de cinema com a disponibilização de filmes selecionados em uma plataforma de streaming desenvolvida para a ocasião (É Tudo Verdade Play), além da parceria com os streamings Itaú Cultural Play e Sesc Digital. Também ocorrerão debates e master classes que visam estudar os caminhos do documentário, além de prestar homenagem a Ugo Giorgetti por sua contribuição ao cinema brasileiro.

Ao todo, o festival exibirá 77 produções entre longas, médias e curtas, inéditas no país, retrospectivas e clássicos. São filmes de 34 países. Os filmes vencedores dos prêmios dos júris nas Competições Brasileiras e Internacionais de Longas/ Médias-Metragens e de curtas-metragens estarão automaticamente classificados para apreciação à disputa pelo Oscar do ano que vem. A cerimônia de premiação acontece às 18h, do domingo 10 de abril, no Espaço Itaú de Cinema, em São Paulo.

Durante a coletiva, Amir Labaki exprimiu uma cautelosa alegria em ter conseguido inserir exibições presenciais de alguns títulos do festival: “É um privilégio o retorno progressivo do festival às salas de cinema, respeitados os protocolos sanitários ainda exigidos frente à pandemia ainda vigente, como passe vacinal, uso de máscaras e lotação limitada do festival. O respeito prioritário à segurança sanitária de todos, do público assim como das equipes dos filmes, das instituições parceiras e do festival, impõe ainda um formato híbrido, de transição, para um programa com o grau de excelência tradicional do É Tudo Verdade”.

Em streaming, parte expressiva da programação será apresentada numa plataforma exclusiva, o É Tudo Verdade Play, que exibirá os filmes de Abertura e de Encerramento, as Competições de Longas e Médias-metragens Nacional e Internacional, o Foco Latino-Americano, Sessões Especiais, o Estado das Coisas, Clássicos É Tudo Verdade e Retrospectiva Ana Carolina. O Itaú Cultural Play exibirá com exclusividade on-line a Competição Brasileira de Curtas-Metragens. Já o site e a página do Youtube do Itaú Cultural transmitem a 19ª Conferência Internacional do Documentário.  O Sesc Digital apresentará com exclusividade a Competição Internacional de Curtas. Os filmes escolhidos para abrir o festival foram “A História do Olhar” e “A História do Cinema: Uma Nova Geração”, de Mark Cousins, grande pensador da sétima arte.

 

Pôster oficial do É Tudo Verdade 2022

CONFIRA MAIS DETALHES SOBRE O FESTIVAL

 

Salas Presenciais

São Paulo:

SPCine – Centro Cultural São Paulo (Rua Vergueiro, 1.000)

Espaço Itaú de Cinema Augusta (Rua Augusta, 1475)

IMS Paulista (Avenida Paulista, 2.424)

Sesc 24 de Maio (Rua 24 de Maio, 109)

Rio de Janeiro:

IMS Rio (Rua Marquês de São Vicente, 476)

Espaço Itaú de Cinema Botafogo (Praia de Botafogo, 316)

 

Plataformas On Line:

É Tudo Verdade Play

www.etudoverdadeplay.com.br

– Abertura: The Story of Looking: 31/03, às 21h, com limite de 1500 visionamentos ou 24 horas;

The Story of Film: A New Generation: 01/04, às 21h com limite de 1500 visionamentos ou 24 horas;

 Competição Longas Brasileiros: 2 sessões sendo às 21 horas, no da exibição em cinema, e, no dia seguinte, às 13h, com limite de 2000 visionamentos;

– Competição Longas Internacionais: 1 sessão, às 17h ou 19h, com limite de 1500 visionamentos ou 24 horas; exceto “Navalny”, apenas 1000 visionamentos;

– Especiais: começam em seus horários, com limite de 1500 visionamentos ou 24 horas; “Quando Fazíamos Bullying” tem limite de 500 visionamentos;

– Foco Latino-Americano: começam nos seus horários, com limite de 1500 visionamentos ou 24 horas, exceto “Mafifa”, com apenas 1000 visionamentos;

– O Estado das coisas: começam em seus horários, limite de 2000 visionamentos ou 24 horas, para os nacionais, e 1500 ou 24 horas para os internacionais, exceto “Oscar Micheaux: O Super-Herói do Cinema Negro”, apenas 1000 visionamentos;

 Retrospectiva Ana Carolina: 05 de abril, a partir das 11h, com 2000 visionamentos ou 24 horas;

– Clássicos: começam em seus horários, e “A História da Guerra Civil”, e “Chico Antônio”, com limite de 1500 visionamentos ou 24 horas, “É Tudo Verdade” será exibido apenas presencialmente;

– Encerramento: “O Território”, dia 10/04, 1500 visionamentos ou 24 horas.

 

Sesc Digital

https://sesc.digital/etudoverdade

Competição Internacional de Curtas, entre 01 e 05/04 partir das 16h, com limite de 2.000 visionamentos, exceto “Como se mede um ano?”, com 1.000 visionamentos

 

Itaú Cultural Play

www.itauculturalplay.com.br/

Competição Brasileira de Curtas – de 01 a10 de abril

 

Itaú Cultural

www.itaucultural.org.br

19a Conferência Internacional do Documentário (06 e 07 de abril, às 11h e 15h)

 

Youtube Sesc 24 de Maio

www.youtube.com/Sesc24deMaiovideos

Palestra A Prática Documental

 

Canal SPCINE

www.youtube.com/c/Spcine

Master Class com Ugo Giorgetti

 

Canal do É Tudo Verdade

www.youtube.com/user/festivaletudoverdade

Uma Conversa com Ana Carolina

Debates com Realizadores de Longas Brasileiros

Debates com Realizadores de Curtas Brasileiros

Veja Também:

No Ritmo do Coração é o grande vencedor do Oscar 2022; confira a lista completa

O Oscar 2022 chegou marcado por polêmicas, frutos da reformulação da premiação a fim de tentar recuperar índices de audiência....

LEIA MAIS

Como o som de “Duna” foi feito

Ao assistirmos um filme, nem imaginamos o gigantesco trabalho de inúmeros profissionais para construir um arcabouço imagético e sonoro que...

LEIA MAIS

Ataque dos Cães e Belfast conquistam prêmios principais do Bafta 2022

Após a realização de uma edição totalmente virtual em 2021, o Bafta, maior premiação de cinema do Reino Unido, retornou...

LEIA MAIS