Foram anunciados os indicados ao Critics Choice Awards 2021 e a Netflix fez história por conquistar uma série de indicações a quatro dos seus lançamentos: “Destacamento Blood”, “A Voz Suprema do Blues”, “Os 7 de Chicago” e “Mank”. Este último foi reconhecido em 12 categorias, liderando a competição. No total, a plataforma recebeu 46 indicações, sendo o streaming mais indicado da história da premiação.   

Logo atrás está o comovente “Minari”, que retrata criticamente o sonho americano através da experiência de uma família coreana. Além de concorrer a “Melhor Filme” e “Melhor Filme Estrangeiro”, o filme foi reconhecido por qualidade técnica e empenho dos atores (Steven Yeun e Yuh-Jung Youn).

Ainda no campo das atuações, alguns nomes afirmam-se como favoritos da temporada de premiações: Viola Davis (“A Voz Suprema do Blues”), Carey Mulligan (“Bela Vingança”), Vanessa Kirby (“Pieces of a Woman”), Frances McDormand (“Nomadland”), Olivia Colman (“O Pai”), Riz Ahmed (“O Som do Silêncio”), Chadwick Boseman (“A Voz Suprema do Blues”), “Anthony Hopkins (“O Pai”) e Leslie Odom Jr. (“Uma Noite em Miami…”).

A cerimônia seguirá o formato híbrido adotado no Emmy e terá apresentação de Taye Diggs, habituée da premiação. Os Critics Choice Awards serão entregues no dia 07 de março.

 

CONFIRA A LISTA COMPLETA DE INDICADOS

 

Melhor Filme

“Destacamento Blood”

“A Voz Suprema do Blues”

“Mank”

“Minari”

“Relatos do Mundo”

“Nomadland”

“Uma Noite em Miami…”

“Bela Vingança”

“O Som do Silêncio”

“Os 7 de Chicago”

Melhor Diretor

Lee Isaac Chung, por “Minari”

Emerald Fennell, por “Bela Vingança”

David Fincher, por “Mank”

Spike Lee, por “Destacamento Blood”

Regina King, por “Uma Noite em Miami…”

Aaron Sorkin, por “Os 7 de Chicago”

Chloé Zhao, por “Nomadland”

 

Melhor Ator

Ben Affleck, por “O Caminho de Volta”

Riz Ahmed, por “O Som do Silêncio”

Chadwick Boseman, por “A voz Suprema do Blues”

Tom Hanks, por “Relatos do Mundo”

Anthony Hopkins, por “O Pai”

Delroy Lindo, por “Destacamento Blood”

Gary Oldman, por “Mank”

Steven Yeun, por “Minari”

 

Melhor Atriz

Viola Davis, por “A Voz Suprema do Blues”

Andra Day, por “Estados Unidos vs Billie Holiday”

Sidney Flanigan, por “Nunca Raramente Às Vezes Sempre”

Vanessa Kirby, por “Pieces of a Woman”

Frances McDormand, por “Nomadland”

Carey Mulligan, por “Bela Vingança”

Zendaya, por “Malcolm & Marie”

 

Melhor Ator Coadjuvante

Chadwick Boseman, por “Destacamento Blood”

Sacha Baron Cohen, por “Os 7 de Chicago”

Daniel Kaluuya, por “Judas e o Messias Negro”

Bill Murray, por “On the Rocks”

Leslie Odom Jr., por “Uma Noite em Miami…”

Paul Raci, por “O Som do Silêncio”

 

Melhor Atriz Coadjuvante

Maria Bakalova, por “Borat: Fita de Cinema Seguinte”

Elle Burstyn, por “Pieces of a Woman”

Glenn Close, por “Era Uma Vez um Sonho”

Olivia Colman, por “O Pai”

Amanda Seyfried, por “Mank”

Yuh-Jung Youn, por “Minari”

Yuh-Jung Youn, de “Minari”

Melhor Jovem Ator/Atriz

Ryder Allen, por “Palmer”

Ibrahima Gueye, por “The Life Ahead”

Alan Kim, por “Minari”

Talia Ryder, por “Nunca Raramente Às Vezes Sempre”

Caoilinn Springall, por “O Céu da Meia-Noite”

Helena Zengel, por “Relatos do Mundo”

 

Melhor Elenco

“Destacamento Blood”

“Judas e o Messias Negro”

“A Voz Suprema do Blues”

“Minari”

“Uma Noite em Miami…”

“Os 7 de Chicago”

 

Melhor Roteiro Original

“Mank”

“Minari”

“Nunca Raramente Às Vezes Sempre”

“Bela Vingança”

“O Som do Silêncio”

“Os 7 de Chicago”

 

Melhor Roteiro Adaptado

“O Pai”

“First Cow”

“A Voz Suprema do Blues”

“Relatos do Mundo”

“Nomadland”

“Uma Noite em Miami…”

 

Melhor Design de Produção

“Emma”

“A Voz Suprema do Blues”

“Mank”

“Relatos do Mundo”

“A Vida Extraordinária de David Copperfield”

“Tenet”

Melhor Fotografia

“Destacamento Blood”

“First Cow”

“Mank”

“Minari”

“Relatos do Mundo”

“Nomadland”

“Tenet”

 

Melhor Figurino

“Emma”

“A Voz Suprema do Blues”

“Mank”

“Mulan”

“A Vida Extraordinária de David Copperfield”

“Bela Vingança”

 

Melhor Edição

“O Pai”

“Mank”

“Nomadland”

“O Som do Silêncio”

“Tenet”

“Os 7 de Chicago”

 

Melhor Cabelo e Maquiagem

“Emma”

“Era Uma Vez um Sonho”

“A Voz Suprema do Blues”

“Mank”

“Bela Vingança”

“Estados Unidos vs Billie Holiday”

 

Melhores Efeitos Visuais

“Greyhound”

“O Homem Invisível”

“Mank”

“O Céu da Meia-Noite”

“Mulan”

“Tenet”

“Mulher Maravilha: 1984”

 

Melhor Trilha Sonora

“O Céu da Meia-Noite”

“Mank”

“Minari”

“Relatos do Mundo”

“Soul”

“Tenet”

Melhor Canção Original

“Husavik (My Home Town)”, de “Eurovision”

“Io Si (Seen)”, de “The Life Ahead”

“Fight for You”, de “Judas e o Messias Negro”

“Speak Now”, de “Uma Noite em Miami…”

“Everybody Cries”, de “The Outpost”

“Tigress & Tweed”, de “Estados Unidos vs Billie Holiday”

 

Melhor Filme Estrangeiro

“Druk: Mais Uma Rodada”

“Collective”

“La Llorona”

“The Life Ahead”

“Minari”

“Two of Us”

 

Melhor Comédia

“Borat: Fita de Cinema Seguinte”

“The Forty-Year Old Version”

“O Rei de Staten Island”

“On the Rocks”

“Palm Springs”

“A Festa de Formatura”

Veja Também:

No Ritmo do Coração é o grande vencedor do Oscar 2022; confira a lista completa

O Oscar 2022 chegou marcado por polêmicas, frutos da reformulação da premiação a fim de tentar recuperar índices de audiência....

LEIA MAIS

Como o som de “Duna” foi feito

Ao assistirmos um filme, nem imaginamos o gigantesco trabalho de inúmeros profissionais para construir um arcabouço imagético e sonoro que...

LEIA MAIS

Ataque dos Cães e Belfast conquistam prêmios principais do Bafta 2022

Após a realização de uma edição totalmente virtual em 2021, o Bafta, maior premiação de cinema do Reino Unido, retornou...

LEIA MAIS