Tradicionalmente, um dia antes do Oscar ocorre a entrega do Film Independent Spirit Awards, premiação dedicada ao cinema americano independente (que contempla filmes produzidos por menos de 20 milhões de dólares). Apresentada por Aubrey Plaza, a cerimônia contemplou “Se a Rua Beale Falasse”, de Barry Jenkins, como o grande vencedor da noite, levando as estatuetas de Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Atriz Coadjuvante (Regina King).

Sem Mahershala Ali na competição, Richard E. Grant ganhou como Melhor Ator Coadjuvante por “Poderia me Perdoar?”. Glenn Close (“A Esposa”) e Ethan Hawke (“No Coração da Escuridão) ganharam nas categorias principais de atuação.

O Spirit Awards é conhecido também por oferecer prêmios de incentivo (alguns remunerados) e reconhecimento dos esforços de produção de filmes de pequeno orçamento. Entre os ganhadores, ficaram a equipe de “Suspiria – A Dança do Medo” e o Alex Moratto, cineasta americano-brasileiro que ganhou o “Someone to Watch Award” pelo seu longa-metragem “Sócrates”.

Confira a lista completa de vencedores:

 

Melhor Filme: “Se a Rua Beale Falasse”

 

Melhor Diretor: Barry Jenkins, por “Se a Rua Beale Falasse”

 

Melhor Longa de Estreia de um Diretor: “Sorry to Bother You”

 

Melhor Ator: Ethan Hawke, por “No coração da Escuridão”

 

Melhor Atriz: Glenn Close, por “A Esposa”

 

Melhor Atriz Coadjuvante: Regina King, por “Se a Rua Beale Falasse”

Melhor Ator Coadjuvante: Richard E. Grant, por “Poderia me Perdoar?”

 

Melhor Fotografia: “Suspiria – A Dança do Medo”

 

Melhor Roteiro: “Poderia me Perdoar?”

 

Melhor Primeiro Roteiro: “Oitava Série”

 

Melhor Edição: “Você Nunca Esteve Realmente Aqui”

 

Melhor Documentário: “Won’t You be My Neighbor?”

 

Melhor Filme Estrangeiro: “Roma”

 

The Truer Than Fiction Award [EMPATE]: Alexandria Bombach, por “On Her Shoulders”; Bing Liu, por “Minding the Gap” e RaMell Ross, por “Hale County This Morning, This Evening”

 

Producers Awards: Shrihari Sathe

 

The Someone to Watch Awards: Alex Moratto, por “Sócrates”

“Sócrates”, de Alex Moratto

The Bonnie Awards: Debra Granik

 

The Robert Altman Award: “Suspiria – A Dança do Medo”

 

Veja Também:

No Ritmo do Coração é o grande vencedor do Oscar 2022; confira a lista completa

O Oscar 2022 chegou marcado por polêmicas, frutos da reformulação da premiação a fim de tentar recuperar índices de audiência....

LEIA MAIS

Como o som de “Duna” foi feito

Ao assistirmos um filme, nem imaginamos o gigantesco trabalho de inúmeros profissionais para construir um arcabouço imagético e sonoro que...

LEIA MAIS

Ataque dos Cães e Belfast conquistam prêmios principais do Bafta 2022

Após a realização de uma edição totalmente virtual em 2021, o Bafta, maior premiação de cinema do Reino Unido, retornou...

LEIA MAIS