“The Death and Life of John. F Donovan” centra sua narrativa nas correspondências trocadas entre o jovem Rupert e John Donovan, um célebre ator. Ninguém acredita quando o garoto revela seu segredo no colégio, mas o impacto que as cartas têm na sua vida o levam a tentar recontar a história anos depois. O novo filme de Xavier Dolan conta com um elenco estelar, composto por Kit Harrington, Jacob Tremblay, Thandie Newton, Susan Sarandon e Natalie Portman. O longa ainda não tem previsão de estreia no Brasil.

 

O tiroteio na escola Majory Stoneman Douglas deixou 17 mortos e a comunidade de Parkland fragilizada. O documentário “Songs of Parkland” nasce dessa tragédia para mostrar os alunos se reerguendo através da montagem de uma peça, impulsionados pela vontade de trazer a esperança de volta. Ao mesmo tempo, o filme acompanha a transformação de alguns sobreviventes em importantes ativistas do combate à violência armada nos Estados Unidos. Dirigido por Amy Schatz, o longa documental é distribuído pela HBO e deve entrar na grade de exibição da emissora em breve.

 

“Abe”, do brasileiro Fernando Grostein Andrade, retrata a jornada de um garoto de 12 anos que se vê dividido pelas brigas familiares. Filho de advogados agnósticos nova-iorquinos e neto de palestinos e israelenses, vê seus avós brigando constantemente pela sua origem e até pela grafia do seu nome. Ele se refugia na culinária e acaba encontrando Chico, um chef da Bahia que o ensina sobre fusão de sabores. O conhecimento o leva a uma proposta: unir a sua família através da criação de pratos especiais. Com Noah Schnapp (“Stranger Things”) e Seu Jorge no elenco, o filme ainda não tem previsão de estreia no Brasil.

 

Ainda relativamente desconhecidos no Brasil, os irmãos Duplass firmaram seus nomes no cenário independente norte-americano. Depois da parceria com a HBO em séries como “Room 104” e “Togetherness”, eles produziram para a Netflix a dramédia “Paddleton”. Mark Duplass atua no papel principal como um homem que redefine a amizade com seu vizinho (interpretado por Ray Romano) após descobrir ter um câncer terminal. Dirigido por Alex Lehmann, que trabalhou com os irmãos em “Blue Jay”, o filme será disponibilizado na plataforma de streaming no dia 22 de fevereiro.

 

Para sua estreia como diretor, Chiwetel Ejiofor (“12 Anos de Escravidão”) escolheu adaptar a biografia de William Kamkwamba, um jovem inventor malawiano que buscou maneiras de trazer eletricidade ao seu povoado que sofria com a fome. Apresentando o jovem Maxwell Simba no papel principal, “The Boy Who Harnessed the Wind” será disponibilizado na Netflix no dia 01 de março.

 

A documentarista Lisa Taback decidiu explorar o estigma da menstruação na sociedade indiana e, para isso, acompanhou os esforços de um grupo de mulheres que conseguiu instalar uma máquina produtora de absorventes em seu vilarejo, melhorando a higiene feminina naquela área. O resultado, o curta-metragem “Period. End of the Sentence”, é um dos cinco indicados ao Oscar de melhor curta documental.

 

 

Veja Também:

No Ritmo do Coração é o grande vencedor do Oscar 2022; confira a lista completa

O Oscar 2022 chegou marcado por polêmicas, frutos da reformulação da premiação a fim de tentar recuperar índices de audiência....

LEIA MAIS

Como o som de “Duna” foi feito

Ao assistirmos um filme, nem imaginamos o gigantesco trabalho de inúmeros profissionais para construir um arcabouço imagético e sonoro que...

LEIA MAIS

Ataque dos Cães e Belfast conquistam prêmios principais do Bafta 2022

Após a realização de uma edição totalmente virtual em 2021, o Bafta, maior premiação de cinema do Reino Unido, retornou...

LEIA MAIS